cirurgia bariátrica

4 exercícios físicos que podem ser feitos após a cirurgia bariátrica

Embora seja um procedimento eficiente, a cirurgia bariátrica promove alterações importantes no organismo do paciente. Por isso, é necessário seguir todas as recomendações médicas no pós-operatório, principalmente aquelas relacionadas à alimentação e à prática de atividades físicas.

No entanto, ao iniciar os exercícios, é preciso ter cuidado com a intensidade e o tipo de atividade realizada. Caso contrário, pode trazer mais prejuízos que benefícios.

Exercícios físicos indicados após a cirurgia bariátrica

A seguir, listamos as modalidades mais indicadas para quem passou pela gastroplastia.

1. Exercícios circulatórios

Os exercícios circulatórios são aqueles voltados para estimular a circulação sanguínea. Em função dos benefícios que promovem, devem ser iniciados o quanto antes, a partir da liberação médica para a prática.

Ainda, as atividades mais indicadas são exercícios que movimentem as mãos e os pés, como, por exemplo, a caminhada. Para melhorar os resultados, você pode utilizar meias e compressores apropriados durante a atividade.

Ademais, a realização dos exercícios circulatórios logo após a cirurgia bariátrica não contribui apenas para o condicionamento do paciente, mas também para diminuir os riscos de trombose e embolia pulmonar.

2. Ginástica respiratória

A cinesioterapia respiratória, como também é chamada, consiste na realização de exercícios voltados para eliminar o excesso de secreção nas vias respiratórias e para a redução de sintomas associados à compressão dos brônquios, como a tosse.

Ainda, a ginástica respiratória deve ser iniciada antes da cirurgia e continuada após sua realização. Os exercícios precisam ser feitos com o auxílio de um fisioterapeuta e envolvem os membros superiores e o uso de aparelhos que estimulam a respiração profunda.

Por fim, essas atividades melhoram o padrão respiratório do paciente, a expansão pulmonar e a troca gasosa. Assim, possibilitam a redução do risco de complicações respiratórias, tal como, a pneumonia.

3. Musculação

Para iniciar a musculação, o paciente precisa da liberação do médico responsável pelo seu tratamento. Para isso, realiza uma avaliação clínica. Com a autorização, ele estará pronto para ir à academia.

Ainda, o fortalecimento muscular é uma etapa imprescindível na recuperação da cirurgia bariátrica. Isso porque irá prevenir a perda excessiva de massa muscular, complicação comum após a redução acentuada de peso.

Além disso, a musculação diminui o excesso de pele e a flacidez. Contudo, para evitar problemas e prejudicar a recuperação pós-cirúrgica, sempre realize os exercícios com a orientação e auxílio de um educador físico.

4. Atividades aeróbicas

As atividades aeróbicas têm como objetivos principais a perda de peso e a melhora do condicionamento físico. Neste sentido, devem ser iniciadas ainda no período pré-operatório. Entre os exercícios mais indicados estão: natação, treinamento funcional, ciclismo, caminhadas, corrida e ginástica.

Ainda, a escolha da melhor atividade precisa levar em conta o seu gosto pessoal, a sua idade e condição física. O mais importante é ter a consciência de que é necessário mudar o estilo de vida, abandonando o sedentarismo.

Por fim, a realização de quaisquer exercícios físicos por pacientes que passaram pela cirurgia bariátrica deve ser orientada por um profissional da área, respeitando os seus limites físicos. Com isso, você irá colher excelentes resultados e terá uma recuperação tranquila, sem complicações.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião geral no Rio de Janeiro!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp