cirurgia colorretal

Como é o pós-operatório da cirurgia colorretal?

O câncer colorretal é o terceiro tipo mais frequente tanto em homens quanto em mulheres, sendo o mais prevalente do aparelho digestivo. Na maioria dos casos, a cirurgia colorretal é a forma de tratamento mais eficaz dessa doença.

Neste post, você vai conhecer um pouco mais sobre esse tipo de câncer, a cirurgia e os cuidados do pós-operatório. Então, se tem interesse no assunto, continue a leitura.

O que é o câncer colorretal?

Nosso intestino grosso é formado pelo reto e pelo cólon, este se divide em quatro partes: ascendente, transverso, descendente e sigmoide. O cólon é responsável por conectar o intestino delgado ao reto.

Na maioria dos casos, o câncer colorretal se desenvolve na camada mucosa e, à medida que evolui, as células cancerígenas alcançam a parede do cólon ou do reto e, posteriormente, chegam ao linfonodos.

Ainda, em fases mais avançadas, essas células podem entrar na circulação sanguínea e iniciar um processo de metástase, se espalhando para o fígado e/ou para os pulmões, cérebro, ossos e peritônio.

Quando a cirurgia colorretal é indicada?

A alternativa de tratamento mais eficaz será definida com base no estadiamento do câncer. As chances de cura são maiores quando o tumor está confinado à mucosa ou à camada muscular do cólon, ou do reto. Nessas situações, a cirurgia é o tratamento mais indicado.

Em estágios mais avançados, a cirurgia ainda é indicada. Porém, pode ser necessário que o paciente também realize outras terapias, como a radioterapia, quimioterapia e terapia alvo. Nos casos de câncer de reto, a decisão pelo melhor tratamento é um pouco mais complexa, pois envolve a preservação das funções do paciente.

Como é realizada?

A cirurgia colorretal pode ser realizada por meio de diferentes técnicas, sendo a escolha determinada pelo estadiamento do câncer, a localização do tumor e o resultado esperado. Os procedimentos mais realizados são os seguintes:

  • polipectomia e excisão local: consiste na remoção de pólipos ou de cânceres em estágios iniciais por meio de uma colonoscopia e, em alguns casos, de remoção de pequena quantidade de tecido próximo da parede do cólon;
  • colectomia: procedimento realizado para remover parcial ou totalmente o cólon e os gânglios linfáticos. A cirurgia pode ser feita de forma aberta ou por laparoscopia.

Quais são os cuidados do pós-operatório da cirurgia colorretal?

As orientações e o período de recuperação do paciente dependerá do método escolhido pelo cirurgião. Quando se faz necessário exteriorizar o intestino grosso (colostomia) ou delgado (ileostomia), o paciente precisará utilizar a bolsa de colostomia, de forma temporária ou permanente.

Nesses casos, alguns cuidados precisam ser tomados, como a higienização diária da bolsa, esvaziamento de seu conteúdo sempre que ultrapassar um terço da sua capacidade, estar atento à irritação da pele ao redor da bolsa ou febre e evitar ambientes com altas temperaturas.

Ademais, o pós-operatório também envolve outras orientações, que servem tanto para quem está utilizando a bolsa de colostomia ou não. São elas:

  • cuidar da alimentação, seguindo plano alimentar elaborado por um nutricionista;
  • manter-se hidratado, ingerindo bastante água e sucos;
  • evitar o consumo de alimentos industrializados, frituras ou com muito sal;
  • realizar refeições a cada três horas;
  • evitar a ingestão excessiva de líquidos durante as refeições;
  • ao se alimentar, mastigar devagar;
  • evitar alimentos que contribuem para um odor desagradável da bolsa, tais como, frutos do mar, ovos, cebola, brócolis e couve-flor.

Enfim, esses são os principais cuidados que envolvem o pós-operatório da cirurgia de colorretal. A adoção dessas medidas é necessária para facilitar a adaptação do corpo à nova condição.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião geral no Rio de Janeiro!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp