hipertensão

Como a cirurgia bariátrica atua no controle da hipertensão?

Você sabia que a cirurgia bariátrica pode auxiliar no controle da hipertensão arterial? Isso acontece porque a perda de peso que ocorre após o procedimento faz com que haja a diminuição do fluxo sanguíneo nas artérias.

Além da questão hereditária, a obesidade é um dos fatores de risco responsáveis pela pressão arterial alta. Manter o peso adequado é fundamental no tratamento deste tipo de problema cardiovascular. Por isso, os médicos acreditam na importância da bariátrica em casos específicos de hipertensão.

Além disso, o procedimento de redução de estômago interfere na produção de hormônios e outras substâncias que favorecem a pressão alta. Entenda melhor o assunto, a seguir!

Cirurgia bariátrica x Hipertensão

Como falamos, manter bons hábitos, como uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas, é fundamental para o controle da hipertensão arterial.

No entanto, ainda não havia evidências suficientes que mostrassem que perder peso por meio da cirurgia bariátrica pudesse contribuir para o controle da pressão alta.

Foi então que um grupo de médicos realizou estudo para verificar o comportamento de doenças, como a diabetes e a pressão alta, em dois diferentes grupos: um que fez a cirurgia bariátrica e outro não submetido ao procedimento.

Foi observado que o grupo não operado precisou tomar mais medicações para diabetes e colesterol alto. Isso quer dizer que a realização da bariátrica não cura a hipertensão.

Além disso, é importante entender que qualquer cirurgia envolve riscos e que o paciente deverá controlar o peso e a pressão arterial pelo resto da vida. De forma contrária, o grupo submetido à intervenção, demonstrou mais controle da pressão arterial, após a cirurgia bariátrica.

Todo hipertenso obeso pode fazer cirurgia bariátrica?

Atualmente, a bariátrica é indicada para indivíduos com Índice de Massa Corporal (IMC) entre 35 e 39,9 , que possuam alguma comorbidade, como diabetes ou hipertensão.

No entanto, é importante destacar que a cirurgia bariátrica só é recomendada quando o paciente está há mais de cinco anos com excesso de peso. Além disso, é necessário que ele tenha tentado outros tratamentos para perder o excesso de gordura, como dieta, terapia e exercícios físicos.

Se um indivíduo apresenta IMC alto há bastante tempo, e já passou por outros tratamentos por um período superior a dois anos, porém não obteve sucesso, talvez seja a hora de conversar com um médico sobre a possibilidade de uma cirurgia bariátrica. Principalmente se ele sofre de hipertensão.

É importante ressaltar que pacientes com hipertensão acentuada antes do ganho de peso têm maior dificuldade para controlar a doença, mesmo depois do procedimento de redução de estômago.

Por isso, antes de mais nada, converse com um médico de confiança sobre a real necessidade de realização da cirurgia bariátrica, no seu caso.

Quer saber mais sobre bariátrica e hipertensão? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião geral no Rio de Janeiro!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp