obesidade mórbida

Quais as causas da obesidade mórbida?

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que, até o ano de 2025, existam mais de 2 bilhões de pessoas com excesso de peso. Essa estatística representa um grande perigo à saúde, principalmente se evoluir e se transformar em uma obesidade mórbida.

Você conhece as características que indicam esse quadro? Conhece as causas desse tipo grave de obesidade? Então, não deixe de ler este post. A seguir, explicaremos tudo sobre o assunto.

O que é obesidade mórbida?

A obesidade é uma doença que se caracteriza pelo excesso de gordura corporal, seguindo critérios relacionados com o Índice de Massa Corpórea (IMC). Esse índice é obtido através da divisão do peso pela altura ao quadrado.

Assim, a depender do resultado obtido por essa fórmula matemática, o indivíduo é classificado em um dos valores de referência que indicam o seu nível de gordura corporal. Para ser considerado obeso, é preciso ter, no mínimo, o IMC igual ou superior a 30 kg/m2.

Embora a obesidade seja uma doença séria, ela se torna pior à medida que o acúmulo de gordura aumente. O seu tipo mais grave é a obesidade mórbida, que se caracteriza pelo IMC acima de 40 kg/m2.

Apesar de sua gravidade, essa patologia é passível de tratamento e o paciente depende apenas do seu comprometimento e disciplina para alcançar resultados satisfatórios e retomar sua qualidade de vida.

Ainda, a obesidade mórbida, quando não tratada, afeta consideravelmente a expectativa de vida do paciente. Além disso, o torna mais suscetível ao desenvolvimento de outras doenças, como dermatites, hipertensão, osteoporose, distúrbios hormonais, problemas cardíacos e anemia.

Quais são as principais causas?

A obesidade é uma doença provocada por diferentes fatores, que podem estar presentes simultaneamente ou não, e envolvem desde um estilo de vida prejudicial até problemas psicológicos. A seguir, listamos as causas mais comuns:

  • fatores ambientais: a educação, hábitos e cultura do ambiente no qual o paciente está inserido pode favorecer o desenvolvimento da obesidade mórbida;
  • manutenção de hábitos alimentares ruins: a ausência de alimentos saudáveis, o excesso de gorduras, açúcares e alimentos industrializados, e o consumo abusivo de álcool contribuem para o acúmulo de gordura corporal;
  • metabolismo: o metabolismo funciona de modo diferente em cada pessoa. Além disso, quando a ingestão calórica é maior que a necessidade do corpo, a energia metabolizada se transforma em gordura;
  • sedentarismo: a ausência ou baixa frequência de atividades físicas facilita o excesso de peso, principalmente se for associada ao desequilíbrio calórico;
  • doenças endócrinas: doenças que mexem com os hormônios influenciam no desenvolvimento da obesidade, tais como hipotireoidismo, síndrome dos ovários policísticos, deficiência de hormônios do crescimento, etc.;
  • genética: a genética também impacta na forma como a gordura corporal é armazenada e distribuída pelo corpo, principalmente no que diz respeito à liberação de leptina;
  • fatores emocionais: o aspecto psicológico tem grande influência no desenvolvimento da obesidade mórbida. Geralmente, os pacientes apresentam algum tipo de transtorno, como ansiedade ou compulsão alimentar;
  • má qualidade do sono: não dormir por horas suficientes é um fator de risco que contribui para o acúmulo de gordura, pois, altera as noções de fome e saciedade.

Assim, com a leitura deste post, você entendeu um pouco mais sobre a obesidade mórbida e conheceu os principais fatores responsáveis por causá-la. Para evitar essa doença, procure profissionais especializados no assunto.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião geral no Rio de Janeiro!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp