tratamento da obesidade

Qual a importância da equipe multidisciplinar no tratamento da obesidade?

O sucesso do tratamento da obesidade está diretamente ligado à disciplina e empenho do paciente em seguir as orientações médicas. No entanto, para que tudo ocorra conforme esperado, é fundamental contar com o apoio de uma equipe multidisciplinar.

Você entende a importância do trabalho conjunto de vários especialistas? Sabe qual o papel de cada um no tratamento de pacientes obesos? Neste post, explicaremos tudo a respeito do assunto.

Como é o tratamento da obesidade?

A obesidade é uma doença multifatorial, ou seja, não existe uma única causa para o seu desenvolvimento. Dessa forma, o tratamento também será variado e dependerá do grau da doença e do histórico do paciente.

De modo geral, o objetivo do tratamento será reduzir o acúmulo de gordura do paciente, tratar as possíveis comorbidades, reeducação alimentar e devolver a qualidade de vida para ele. O acompanhamento do caso se inicia a partir do momento em que o médico é procurado.

Ademais, entre as principais alternativas de tratamento estão o uso de medicamentos, a realização de dietas equilibradas, mudanças no estilo de vida e, em casos mais extremos, a cirurgia bariátrica.

Este procedimento é indicado apenas para pacientes que tenham o perfil de obesidade mórbida ou que tenham grau de moderado a leve, desde que apresentem comorbidades. 

No entanto, nos casos de cirurgias ou não, o paciente precisará ter uma atuação ativa no tratamento. Além disso, o trabalho de uma equipe multidisciplinar é essencial para que o resultado alcançado seja satisfatório.

Por fim, esse conjunto de especialistas irá identificar distúrbios no comportamento alimentar que não costumam ser expostos pelo paciente, como a compulsão, comer noturno ou a ingestão excessiva de calorias.

Qual o papel da equipe multidisciplinar nesse tipo de tratamento?

O objetivo do time de especialistas é apoiar, ajudar e sanar todas as dúvidas do paciente sobre sua condição e o tratamento. O combate à obesidade é uma tarefa complexa e, para ter sucesso, o paciente precisa contar com suporte médico e familiar.

Ademais, a doença compromete o bem-estar nas esferas física, social e psicológica. Por isso, a abordagem precisa ser multidisciplinar. Entre as principais especialidades envolvidas no tratamento dessa condição, podemos citar:

  • endocrinologista;
  • pneumonologista;
  • cardiologista;
  • nutricionista;
  • ortopedista;
  • psiquiatra;
  • psicólogo;
  • fonoaudiólogo;
  • fisioterapeuta;
  • educador físico.

O trabalho de todos esses especialistas visa criar um programa dinâmico e constantemente atualizado para que o paciente crie hábitos saudáveis e abandone os comportamentos prejudiciais.

Por fim, o tratamento desta doença não se encerra quando o paciente emagrece. Mesmo após os primeiros resultados, podem surgir complicações que precisam ser observadas, tais como, deficiências nutricionais, alterações hormonais e mudanças no metabolismo.

Portanto, com a leitura deste post, foi possível entender como funciona o tratamento da obesidade. Além disso, você também passou a conhecer a importância e o papel desempenhado pela equipe multidisciplinar no cuidado com os pacientes.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião geral no Rio de Janeiro!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp